Metalização

Metalização

A metalização é um processo de recuperação de superfícies em que se aplicam diversos tipos de metais/ligas metálicas sobre a superfície a ser recuperada. O material a ser aplicado irá depender da utilização a que se destina o equipamento em recuperação.

Dependendo do processo e do material utilizado, a metalização pode oferecer uma espessura elevada, numa grande área com uma taxa de deposição mais elevada quando comparado com outros processos. Para metais, por exemplo, aplica-se uma nova camada metálica em cilindros flexográficos, ou camadas sobre peças diversas.

Nós da Hoffman disponibilizamos alguns materiais para a metalização, como: metais, ligas metálicas, cerâmicas, plásticos e materiais compósitos. Eles são em forma de pó ou arame, sendo aquecidos até a fusão ou semifusão com a combustão do arco elétrico, gerando assim, o material desejado. 

Utilizamos os processos de “chama a gás” e “Arc Spray”/Elétrico. O arame ou pó metálico é fundido no interior do equipamento e lançado por um jato de ar comprimido na superfície a ser recuperada. Alguns métodos que a metalização permite que sejam utilizados são o com a pistola (ou tocha), o alimentador (que fornece o material a ser fundido), os meios propulsores (constituídos por gases que vão impelir as partículas fundidas até à superfície do substrato) e o meio de aquecimento (usado para aquecer a fusão do material).


Compartilhe este conteúdo!

Assinar newsletter